Pesquisa

Confira 4 dicas para consulta médica para sair sem dúvidas

dicas para consulta médica
08/01/2020
1 minuto de leitura

Muitas pessoas se sentem um pouco perdidas quando precisam ir ao consultório de um especialista. Por isso, seguir algumas dicas para consulta médica pode ser tudo o que estão precisando no momento a fim de se sentirem mais tranquilas e confiantes. Além disso, essas sugestões também servem para os acompanhantes.

Uma visita a um especialista da medicina é fundamental para garantir que a saúde está em dia ou para identificar alguma doença a tempo de ser devidamente tratada. No entanto, isso pode ser ainda mais otimizado quando seguimos os protocolos indicados para uma consulta.

Neste post, vamos dar algumas dicas do que se fazer antes, durante e após uma consulta médica. Acompanhe e descubra!

O que fazer antes de uma consulta médica?

Ao contrário do que muitos acreditam, existem vários procedimentos importantes para cumprir antes de marcar uma consulta médica. Assim, é possível acertar na escolha do profissional e conseguir um diagnóstico mais preciso. Confira algumas atitudes que você pode tomar!

Procure recomendações

Ouvir as opiniões de amigos e familiares sobre um profissional pode ser de grande importância na sua decisão. Afinal, não é apenas o diagnóstico do médico que é levado em consideração, mas a forma que ele trata os pacientes, que explica o seu quadro, que examina os sintomas, entre outros.

Desse modo, saber das experiências de pessoas conhecidas é uma boa maneira de encontrar um profissional que atenda às suas expectativas e que faça com que você sinta mais segurança em relação à consulta. Essas recomendações podem ser úteis também para a escolha de alguma clínica.

Avalie a reputação do médico

Quando tiver em mente um médico para realizar a consulta, vale a pena também pesquisar pelo nome dessa pessoa na internet. Assim, você consegue descobrir quais são as suas especialidades, onde realizou a sua formação, quais são as críticas ou elogios de seus pacientes, entre outras informações.

O mesmo vale para a escolha de uma clínica. Afinal, esse é um método de verificar a avaliação que o local ou profissional recebe de seus pacientes, o que fará que você sinta mais tranquilidade em relação à sua escolha.

Encontre a especialidade médica correta

Outro ponto muito importante é ir em busca da especialidade médica correta para ser examinado com mais precisão. Para isso, é preciso levar em conta os sintomas que está sentindo e pesquisar qual é o especialista correto.

Além do mais, caso você tenha muitas dúvidas, é uma boa ideia optar pelo clínico geral. Desse modo, ele se responsabilizará por realizar o encaminhamento ao segmento mais adequado. No entanto, lembre-se de detalhar os sintomas que está sentindo para que ele entenda o caso e faça a escolha correta.

Como agir durante a consulta médica?

dicas para consulta médica

Agora que você já sabe o que precisa fazer para escolher o médico mais adequado, chegou a hora de entender quais são os comportamentos que você precisa adotar durante uma consulta.

A seguir, veja como agir quando estiver dentro de um consultório médico!

1. Não saia com dúvidas

Essa é a dica mais importante. Qualquer coisa que você não tenha entendido por completo, pode se sentir confortável para fazer perguntas. Isso é importante para que o profissional saiba que você entendeu o seu caso e que contribuirá para o seu tratamento. Além disso, com essa atitude, você não deixa de tomar algum remédio ou fazer um exame por receio, o que é essencial para tratar os sintomas corretamente.

2. Tenha uma lista dos sintomas sentidos

Muitas vezes, no calor do momento, é fácil se esquecer de algum sintoma que você sentiu nas últimas semanas ou meses. No entanto, tudo isso é essencial para que o diagnóstico seja realizado corretamente, pois muitas doenças têm traços semelhantes.

Por isso, é uma ótima ideia que você leve consigo uma lista com todos os sintomas que sentiu nos últimos tempos. Assim, não há chances de você se esquecer de relatar algum sinal e a probabilidade de receber um diagnóstico mais preciso aumenta drasticamente.

3. Não tenha pressa

Um passo muito importante é desmarcar os seus compromissos para o dia da consulta — ou, pelo menos, nos horários próximos a ela. Dessa maneira, evita fazer as coisas com pressa e consegue tirar as suas dúvidas, além de apresentar todos os seus sintomas.

Além do mais, não se sinta pressionado a ir embora rápido e liberar o médico. Lembre-se de que ele está totalmente à sua disposição naquele momento. Então, aproveite para falar sobre tudo o que incomoda.

4. Saiba histórico de doenças da família

O histórico de doenças da família é extremamente relevante para entender o seu quadro de saúde. Isso porque muitos problemas têm origem genética. Portanto, saber se algum parente próximo também sofre com isso é uma maneira de identificar se o que você está sofrendo tem caráter hereditário.

Com isso, são realizados exames mais adequados e o médico consegue procurar pela doença correta. Com essas características mais assertivas, as chances de o tratamento funcionar são ainda maiores.

Que atitudes tomar após sair do consultório médico?

E é claro que você ainda precisa realizar algumas boas práticas depois de sair do consultório, principalmente se foram indicados o uso de medicamentos ou a adoção de novos hábitos. Saiba mais!

Siga as recomendações médicas

Sabe as contraindicações e conselhos que o médico ofereceu a você? Então, todos eles precisam ser ouvidos com atenção e colocados em prática no seu dia a dia. Por mais que, em alguns momentos, isso não pareça funcionar, você vai conseguir identificar os resultados em longo prazo. Portanto, siga estritamente as recomendações.

Tome os medicamentos indicados

Fazer o uso correto dos remédios indicados é importante para que você se recupere e desfrute do bem-estar na nova idade. Além do mais, é imprescindível que os horários de medicação sejam rigorosamente cumpridos.

Identifique a persistência dos sintomas ou de efeitos colaterais

Alguns medicamentos ou outros tipos de tratamento podem causar efeitos colaterais ou não serem o suficiente para fazer com que os sintomas vão embora. Tudo isso precisa ser relatado no retorno ao consultório, a fim de que seja encontrado o método mais eficiente para o seu tratamento.

Com os avanços da medicina, existem diversas alternativas de medicamentos que podem ser mais eficientes para a eliminação dos sintomas ou que não causam os mesmos efeitos colaterais. Com as dicas deste artigo, você consegue sair do consultório com mais certeza de que está tomando as medidas mais adequadas para a sua recuperação e contribui ainda mais para o seu tratamento.

Gostou das dicas para consulta médica e quer ver mais informações como essas? Então, assine a nossa newsletter e receba os novos conteúdos diretamente em seu e-mail!

Powered by Rock Convert

Você pode se interessar também:

  Desenvolvido por Ventron