Pesquisa

Coronavírus em idosos: como proteger a nova idade?

coronavírus em idosos
16/03/2020
1 minuto de leitura

No final de 2019, a Organização Mundial de Saúde (OMS) foi alertada por conta de diversas ocorrências de pneumonia na cidade de Wuhan, na China. Era o SARS-CoV-2, vírus que começava a se disseminar. A partir de então, a preocupação tomou conta do mundo todo, especialmente sobre os efeitos do coronavírus em idosos.

O número de casos confirmados começou a aumentar nos Estados Unidos, países da Europa, principalmente na Itália, e também no Brasil — por aqui, até o dia 13 de março, o número de casos confirmados pelo Ministério da Saúde ultrapassava 70. Diante dessa propagação, a OMS declarou uma pandemia da Covid-19 (nome dado à doença causada pelo novo vírus), visto que a infecção já atingiu 114 países.

A população ainda está perdida diante dessa ameaça. Neste post, vamos explicar o que é o novo coronavírus, por que a nova idade deve ter um cuidado redobrado com a doença e as medidas de prevenção. Acompanhe!

Entenda o que é o novo coronavírus

O SARS-CoV-2 (novo coronavírus) faz parte da família coronavírus, que tem diferentes tipos de vírus já conhecidos. São agentes infecciosos que podem causar desdes resfriados comuns até doenças respiratórias mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS).

A preocupação é que o mundo se vê diante de uma nova infecção, ou seja, não se sabe ainda quais os impactos que terá na população e na saúde pública, visto que médicos e outros profissionais de saúde estão lidando com o desconhecido.

Contágio da doença

A Covid-19 pode ser transmitida por:

  • tosse;
  • catarro;
  • espirro;
  • aperto de mão;
  • gotículas de saliva;
  • contato com algum objeto contaminado seguido de toque na boca, nariz ou olhos.

Sintomas da infecção

A doença tem os seguintes sintomas:

  • febre;
  • tosse;
  • dificuldade para respirar;
  • dores musculares;
  • dor de cabeça.

Em casos mais graves, o paciente pode ter também pneumonia, síndrome respiratória aguda grave e até insuficiência renal.

Riscos do novo coronavírus

O que se sabe até então é que a mortalidade do novo vírus é inferior à SARS. Além disso, um levantamento com 44 mil pacientes com Covid-19 mostrou que 80% dos casos são leves. Entretanto, há uma preocupação maior com os riscos do novo coronavírus em idosos.

Saiba por que idosos precisam ter atenção ao coronavírus

Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), pesquisas têm demonstrado maior vulnerabilidade do grupo de pessoas com mais de 60 anos para essa nova doença. A questão é que não há um medicamento específico nem vacina para a infecção. Desse modo, os médicos tratam os pacientes de acordo com as condições de saúde e sintomas apresentados.

O quadro é ainda mais preocupante para os idosos diabéticos, doentes cardíacos e pulmonares, em que os efeitos da Covid-19 podem ser mais graves.

O organismo de quem tem mais de 60 anos pode reagir de maneira insuficiente diante de um novo microrganismo ou, pelo contrário, oferecer uma resposta exagerada, o que também é prejudicial para a saúde em geral.

Existem alguns fatores que colaboram para que a nova idade seja mais afetada pelo novo vírus, como:

  • sistema imunológico mais frágil, um processo natural da longevidade conhecido como imunossenescência;
  • pulmões e mucosas com mais vulnerabilidade para infecções;
  • metabolismo menos eficiente, podendo levar a casos de desnutrição na situação de uma infecção;
  • engasgos podem ser mais frequentes, levando a pessoa a colocar mais a mão na boca.

Descubra as formas de prevenção do coronavírus na nova idade

É necessário se proteger para evitar pegar a Covid-19. Veja algumas medidas para ficar longe dessa infecção.

Não frequente locais aglomerados

A transmissão ocorre pelo ar — então, evite ambientes aglomerados, como shoppings, supermercados cheios ou outros locais fechados que estejam com grande movimentação. Se possível, fique em espaços mais arejados.

Lave as mãos

coronavírus em idosos

Um método eficaz que deve fazer parte de seus hábitos saudáveis é manter as mãos higienizadas. Por isso, lave-as com frequência com água e sabão:

  • ao chegar em casa;
  • depois de dar a mão para alguém;
  • após tossir ou espirrar;
  • antes de cozinhar;
  • após utilizar o transporte público;
  • depois de usar o banheiro.

Com isso, você evita encostar as mãos sujas na boca, nariz e olhos caso tenha encostado em alguém com a doença ou objeto infectado pelo vírus. Ao lavar as mãos, limpe bem a região das unhas, entre os dedos e também os punhos.

Se não tiver nenhum banheiro ou pia próximos, faça a higienização com álcool em gel. Leve esse item sempre na bolsa para não ficar desprotegido.

Não tenha contato com pessoas que apresentam sintomas

A dica é evitar ao máximo visitas e contatos com pessoas que estejam com sintomas da Covid-19 ou que estiveram em países com grande propagação da doença — mesmo que a infecção não tenha sido confirmada.

Evite também idas desnecessárias a postos de saúde ou hospitais.

Utilize máscaras descartáveis

Pessoas que apresentam os sintomas da doença ou convivem com quem está com esses sintomas podem usar a máscara descartável como uma barreira a mais contra o vírus.

Não encoste nos olhos, boca e nariz

Temos o costume de encostar a mão na boca, olhos e nariz — e fazemos isso sem perceber. Mas com a ameaça do coronavírus, comece a se policiar, principalmente se não estiver com as mãos lavadas.

Não compartilhe objetos pessoais

Evite ainda compartilhar itens pessoais, como pratos, talheres, copos e toalha de rosto para não correr o risco de contrair a doença.

Esteja em dia com as vacinações

Uma medida importante para a nova idade é estar com o calendário de vacinação em dia. Ainda não há vacina para a Covid-19. Porém, é recomendado que esse grupo se proteja de outras infecções e tenha um envelhecimento saudável.

A cada dia, basta acompanhar o noticiário para saber dos avanços de casos confirmados da Covid-19 no Brasil e em várias partes do mundo. Nesse contexto, é importante saber quais são os efeitos do novo coronavírus em idosos para que todos tomem cuidado e se protejam da doença.

É essencial estar por dentro dessas informações de saúde e, assim, saber como se dá o contágio da doença e quais medidas preventivas tomar. Então, aproveite para compartilhar este post em suas redes sociais com mais pessoas da nova idade!

Powered by Rock Convert
Tags: , ,

Compartilhe:

“A Nova Idade não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos frequentadores do portal. A Nova Idade repudia qualquer forma de manifestação com conteúdo discriminatório ou preconceituoso.”

Você pode se interessar também:

  Desenvolvido por Ventron